O que é Securitização?
Artigos

O que é Securitização?

25 de março de 2022

Para uma empresa, seja ela de pequeno, médio ou grande porte, há diversas formas de adquirir recursos, seja por meio de empréstimos, abertura de capital, debêntures, entre outras opções. E a securitização de crédito? Você já ouviu falar deste método?

Conhecida como uma das maneiras mais ágeis e pouco burocráticas de captação de investimentos, a securitização é o nome atribuído ao processo de aquisição de recebíveis futuros de um negócio em troca de crédito. A ideia é que este crédito seja injetado diretamente no capital de giro da empresa.

Ao longo deste artigo, iremos dissecar este conceito, esclarecer como ele funciona, quais agentes fazem parte deste processo e, principalmente, quais as vantagens de recorrer a este método. Vamos lá?

Leia também: Como implementar o ESG nas empresas!

Como funciona a securitização?

Para que o conceito de securitização fique ainda mais claro, imagine o seguinte: uma empresa, que possui projetos para colocar em prática, não tem capital de giro suficiente para comportar tal investimento. Ainda assim, esta mesma companhia tem diversas dívidas para receber dos seus clientes, futuramente. Ela deve esperar que seus devedores honrem com os compromissos para viabilizar os novos planos?

Com securitização de crédito, não é preciso aguardar. Isso porque, nesta modalidade, as dívidas pendentes são transformadas em títulos que podem ser negociados diretamente com investidores. E como em qualquer ativo de investimento, quem assume os riscos são os próprios investidores.

Assim que o cliente fizer o pagamento, o valor da dívida cai integralmente para quem a assumiu. Mas o principal benefício deste método é o fato do negócio não depender de seus credores para executar o plano de ação. Mesmo porque, há sempre o risco da demora e da inadimplência.

Leia também: O que é Gestão Empresarial? Quais os benefícios para médias empresas?

Qual o papel da securitizadora?

Ao longo deste processo, podemos destacar três agentes principais. São eles: o cedente – empresa que tem as contas a receber -, o investidor e a securitizadora. O papel dos dois primeiros já foi explicado brevemente no item acima. Agora, chegou a hora de entender o papel da securitizadora dentro deste ecossistema.

Ela nada mais é do que a intermediadora de toda a operação. Em outras palavras, trata-se de uma instituição financeira que procura cedentes, com projetos promissores, para comprar suas dívidas e transformá-las em títulos de crédito privado. Após a emissão, ela negocia esses ativos com os investidores.

Quais as vantagens?

Diferentemente de algumas modalidades de captação de recurso, a securitização de crédito oferece diversas vantagens para todas as pontas do processo. Iniciando pelo cedente, que ganha uma nova alternativa de capitalização. 

Além disso, trata-se de um método mais ágil e menos burocrático de recolher o capital necessário para viabilizar um determinado projeto ou plano. Nota-se também que, na maioria dos casos, as taxas aplicadas nesse tipo de transação são muito mais vantajosas se comparadas a empréstimos e financiamentos.

No caso dos investidores – que podem ser tanto bancos, fundos de investimento quanto pessoas físicas – é possível encontrar algumas opções de títulos com rentabilidades bastante atrativas.

Sobre a Nordex 

A Nordex é uma consultoria empresarial que atua desde a fase do planejamento, assim como o diagnóstico, desenvolvimento e implementação do plano de ações da reestruturação necessária, até o desenvolvimento Estratégico de Pessoas. Nossa metodologia própria possibilita um olhar sistêmico da operação e, principalmente, a operação focada na melhora da performance da companhia e seu crescimento sustentável.

Entre em contato conosco e agende uma conversa com nossos especialistas!

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Artigos Relacionados

Metodologias de Gestão Empresarial

Conheça as metodologias de Gestão Empresarial

Apesar do que muitos pensam, o bom trabalho de Gestão Empresarial pode alavancar de forma definitiva um negócio - ao passo em que, a falta dela, reduz sua relevância consideravelmente. Isso porque dificilmente uma empresa que cresce de forma desordenada e sem planejamento consegue se manter competitiva por muito tempo.
Turnaround X Recuperação Judicial

Turnaround X Recuperação Judicial: entenda a diferença!

Diferente do que muitos pensam, existem diversos recursos disponíveis - que vão muito além da Recuperação Judicial - para a empresa que deseja recuperar a sua performance e relevância no mercado. O Turnaround é um desses métodos.
Quando é preciso inovar?

Quando é preciso inovar?

Diante de um mercado volátil, inovar é indispensável. E não estamos falando de invenções mirabolantes que despendem tempo e investimentos incalculáveis para quem a faz. A inovação pode acontecer com uma simples mudança em um processo, modelo de negócios ou serviço/produto.
ESG

Como implementar o ESG nas empresas?

A sustentabilidade deixou o status de tendência e passou a ser inevitável para todos as companhias que desejam fazer a diferença, engajar o público e, consequentemente, melhorar seus resultados. Por meio do conceito de ESG, cada vez mais negócios avançam em direção aos pilares do chamado capitalismo consciente.
Gestão empresarial para médias empresas

O que é Gestão Empresarial? Qual o benefício para médias empresas

A verdade que ninguém te fala é a seguinte: todo negócio que deseja obter sucesso a longo prazo precisa de Gestão Empresarial. Por meio do estabelecimento de processos e sistematização do trabalho, é possível coordenar toda a operação de forma mais assertiva e, principalmente, potencializar os resultados.
Saiba como fazer seu negócio crescer em 2022

Saiba como fazer seu negócio crescer em 2022

Ainda estamos diante de um cenário desafiador, isso é fato. Contudo, a expectativa de que 2022 será melhor do que os anos anteriores está cada dia mais sólida. Por isso, se você quer fazer o seu negócio crescer em 2022, será preciso observar este contexto e aproveitar as chances que aparecerem.
Para uma empresa, há diversas formas de captar recursos. Já ouviu falar de securitização de crédito? Chegou a hora de conhecer este método!