Dicas para fazer o seu negócio crescer durante a crise econômica
Artigos

Dicas para fazer o seu negócio crescer durante a crise

14 de outubro de 2021

Ao que tudo indica, nos encaminhamos cada dia mais para uma rotina próxima da ‘normalidade’. Mesmo enfrentando algumas restrições, já podemos presenciar a tão aguardada retomada da economia – mesmo que lentamente. Contudo, este cenário de recuperação não é sinônimo de encerramento da crise econômica. Neste aspecto, ainda há um caminho longo para percorrer.

Agora, na possibilidade de não ver tão cedo a luz no fim do túnel, mais do que operar para sobreviver, muitas empresas têm desenhado estratégias que visam o crescimento e a escalabilidade. Mesmo diante de um cenário de instabilidade.

Leia também: A gestão de pessoas em tempos de crise.

Se você, assim como este grupo, não quer esperar para evoluir o seu negócio, não perca nada do conteúdo que vem a seguir. Papel e caneta na mão!

O mercado mudou e você NÃO pode ignorar isso!

Se antes o mercado já estava volátil, com a quarentena, as mudanças andaram a uma velocidade nunca vista. E não à toa. As medidas sanitárias forçaram todos os setores da economia a se adaptarem – seja por meio da inserção do home office, pela adoção do e-commerce entre outras situações.

Para a indústria, por exemplo, o novo comportamento do consumidor impacta diretamente em como as empresas que compõem o setor fazem negócios. A começar pelas motivações. 

Uma pesquisa realizada pela Veja Insights e a EY Parthenon, com 1003 consumidores, apontou que para 92% dos entrevistados a condição financeira influencia diretamente em seu comportamento de compra. Tal motivação faz com que os brasileiros priorizem itens essenciais. A origem e qualidade dos produtos também foram apontadas como requisitos determinantes para sua aquisição.

Agora, se engana quem pensa que esta é uma situação temporária. Para muitos consumidores, alguns hábitos adquiridos na pandemia – como priorizar itens indispensáveis, por exemplo – farão parte permanentemente do dia a dia. 

As empresas que não entenderem quais práticas foram adquiridas e, principalmente, aquelas que permanecerão vão perecer.

Planejamento, planejamento e mais planejamento!

Se você deseja escalar o seu negócio, tenha uma coisa em mente: independentemente do momento econômico, planejar ações ano a ano é fundamental para QUALQUER EMPRESA. 

E muito além disso. Não basta criar uma apresentação que elenca objetivos, metas e projeções para os próximos meses. Mais do que isso, é preciso que exista uma movimentação real do negócio para alcançar tal propósito. 

Leia também: Meta X Indicadores

Para que isso aconteça, primeiramente, será necessário envolver e, principalmente, engajar todos os setores nos objetivos. Conhecer os indicadores de desempenho de cada área, entendê-los e estabelecer metas a partir desta análise é um bom jeito de integrar toda a equipe no objetivo principal do negócio.

Conte com uma Consultoria Empresarial para ajudar em momentos de crise!

Certamente você entendeu quais iniciativas são necessárias para evoluir em meio a uma crise econômica. Contudo, colocar essas tarefas em prática pode não ser tão fácil quanto imaginava. São em momentos como esse que contar com uma consultoria empresarial pode ser determinante para a performance do seu negócio.

Além de contar com uma equipe de especialistas que auxiliará integralmente o time no processo de entendimento das mudanças do mercado, os consultores serão responsáveis pela estruturação de todo o plano de ação e, sobretudo, pela sugestão de soluções para os desafios que encontrarem no meio do caminho.

A Nordex é uma consultoria empresarial que atua desde a fase do planejamento, assim como o diagnóstico, desenvolvimento e implementação do plano de ações da reestruturação necessária, até o desenvolvimento Estratégico de Pessoas. Nossa metodologia própria possibilita um olhar sistêmico da operação e, principalmente, a operação focada na melhora da performance da companhia e seu crescimento sustentável.

Entre em contato conosco e agende uma conversa com nossos especialistas!

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Artigos Relacionados

fusões e aquisições

O que são Fusões e Aquisições?

Se você é apaixonado por notícias sobre mercado e negócios, a essa altura já deve ter notado o aumento no conteúdo publicado sobre fusões e aquisições. E há uma razão para tal movimento. Também chamadas de M&A - do inglês Mergers & Acquisitions - trata-se do método que visa consolidar uma empresa por meio de diferentes transações financeiras, sejam elas de compra, venda ou integração.
valuation

Valuation: você sabe o valor da sua empresa?

Quando falamos do crescimento sustentável de um negócio, muitas vezes, a captação de investimentos pode ser uma das estratégias adotadas. Agora, para dar este passo, o valuation é indispensável.
Análise de performance: como saber se meu negócio bate metas

Análise de performance: como saber se meu negócio bate metas

Está enganado aquele que pensa que estabelecer e bater metas é exclusividade da equipe de vendas. Já vemos empresas que estendem essa realidade para outros setores como método para engajar todo o time no objetivo principal do negócio.
Meta X Indicadores: Entenda cada um deles

Meta X Indicadores: Entenda cada um deles

Qualquer empresa que deseja crescer deve contar com a Gestão Empresarial. A questão é que para que a administração de fato gere resultados é preciso uma abordagem sistêmica de processos. Isso significa que será preciso estabelecer objetivos e, principalmente, metas tangíveis para a operação.
Gestão de pessoas em tempos de crise

Gestão de pessoas em tempos de crise

uem nunca ouviu a frase ‘’o capital humano é o bem mais precioso de uma empresa’’. A princípio, quando escutamos achamos um exagero. Mas avalie novamente a sentença. Agora, reflita: uma companhia como a Apple, ou Amazon, teriam crescido sem o auxílio de uma equipe capacitada e engajada?
O turnaround exige mudança de mindset

O turnaround exige mudança de mindset

Não foi a quarentena, impulsionada pela pandemia do novo coronavírus, que motivou as empresas a se adaptarem às mudanças de comportamento. Na realidade, já vínhamos ajustando as operações de acordo com o desenvolvimento tecnológico que presenciamos nos últimos anos. O distanciamento social apenas acelerou algumas transformações que só veríamos daqui a alguns anos.
Nos encaminhamos cada dia mais para uma rotina próxima da ‘normalidade’. Mesmo enfrentando ainda algumas restrições, já podemos presenciar a tão aguardada retomada da economia. Contudo, este cenário de recuperação não é o encerramento da crise econômica. Neste aspecto, uma empresa ainda tem muito o que fazer para retomar o crescimento.